A instituição família clama por socorro. A família tem sido alvo de muitos golpes. A frouxidão das leis tem favorecido o rompimento dos laços familiares e assim a família agoniza carecendo de ajuda. A família foi invadida pela violência. Há violência de todas as formas nas famílias. Os números de homicídios no seio familiar só aumentam. As mortes têm sido frequentes em muitas famílias. Os assustadores índices de estupros envolvendo familiares é assusta dor. A violência também se revela nos maus tratos. Maus tratos físicos, espirituais e emocionais. As famílias, que deveriam ser um reduto de amor, estão se transformando em um reduto de raiva, ódio e violência. Filhos sofrem os maus tratos dos pais ausentes, e os pais sofrem com os maus tratos dos filhos na falta de obediência e respeito. As estatísticas mostram que as mulheres ainda sofrem muito com a violência física, sexual e psicológica. A juventude, cada vez mais dependente das drogas, revela que nada vai com as bases familiares. A violência tem corroído o amor das famílias e minado as forças para que as famílias possam reagir. A Igreja é uma das poucas e, talvez, a única instituição que luta pela saúde da família. A Igreja entende, a partir das orientações bíblicas, que a família é a base da nossa sociedade e nosso ambiente de aprendizado. Se a Igreja, como instituição divina, não orientar, não investir e não mostrar os padrões do Criador sobre a família, as “pedras clamarão” (cf. Lucas 19.40). Há muitas famílias clamando por socorro e apoio. A Igreja, como comunidade dos discípulos de Jesus, não pode deixar de pregar e falar sobre os mandamentos e propósitos de Deus para a família. A Igreja pode ajudar as famílias, pois é a Família de Deus. É na família que o nosso caráter e nossa ética são formados. É na família que recebemos suporte emocional para enfrentarmos uma sociedade cada vez mais competitiva. É na família que aprendemos amar e ser amado. É na família que o Amor de Deus é visualizado. Paulo e Silas foram indagados pelo carcereiro desesperado: “Que devo fazer para ser salvo? Responderam-lhe: Crê no Senhor Jesus e serás salvo, tu e a tua casa” (At 16.30-31). Quando cremos em Jesus como nosso Senhor e Salvador recebemos a salvação e temos a missão de proclamarmos a graça na nossa casa.

 

Jeferson Rodolfo Cristianini, pastor, colaborador de OJB

Siga a CBP!