Hoje quando perguntam a você como sua família comemorava o natal, com certeza uma enxurrada de memórias invade a sua mente, memórias boas, outras nem tanto, de uma época do ano,ou simplesmente da noite de natal. É como se você pudesse acessar um arquivo em sua mente.


Hoje temos um papel fundamental na vida das crianças: auxiliar na gravação do seu registro de natal, o “arquivo natal”! Quando adultas, ao acessarem esse arquivo em suas mentes, e abrirem as pastas que estarão nele, elas terão o registro de como foram vividos os natais! Esses registros irão influenciar como viverão essa época do ano e também os outros dias!


Mas por que os outros dias do ano? Se elas não entenderem que precisamos comemorar o natal todos os dias, irão provar o tal do “espírito do natal” somente em um período, e seu arquivo natal terá datas apenas do último mês do ano, mas se elas compreenderem que no natal comemoramos o nascimento do Senhor e Salvador do Mundo viverão de modo a agradar o seu Senhor todos os meses! Irão agradecer o fato de Deus ter enviado seu único filho todos os dias!


Elas não deixarão de experimentar essa época do ano, apenas o farão de forma diferente, ao invés de se alegrar uma noite, se alegrarão sempre; ao invés de amar ao próximo em um período do ano, o farão todos os dias!


Que possamos auxiliar as nossas crianças a ter o “arquivo natal” cheio de boas memórias com datas do ano todo!