“Ônibus da CBP percorre postos de combustíveis de Paranaguá anunciando o Evangelho de Jesus aos caminhoneiros”.

 Por iniciativa do Departamento de Missões da Convenção Batista Paranaense, e com nossa experiência nessa área, foi criado o projeto “Capelania Rodoviária”.

Realizada uma pesquisa em 2013 foi constatado que na época da safra, chegam ao porto de Paranaguá cerca de mil e trinta caminhões por dia. Sendo assim são mil e trinta caminhoneiros homens e até mulheres que transportam o progresso do nosso querido país. São os profissionais da boleia que muitas vezes não são valorizados, arriscam suas vidas nas estradas esburacadas, recebem um baixo valor pelo frete e têm um alto custo de manutenção do seu caminhão. Alguns trabalham de motorista e de mecânico, pois o que ganham não dá para pagar oficina. Alguns morrem em acidentes e outros em assaltos e a maior parte não tem conhecimento do que Jesus Cristo fez por eles.

Alguns caminhoneiros questionaram sobre a Bíblia e disseram que não a entendiam. Orientamos sobre como eles deveriam fazer a leitura, pedindo a orientação de Deus para entendê-la.

Um caminhoneiro questionou sobre os evangélicos confessarem seus pecados ao pastor como os católicos podem confessá-los ao padre. Respondemos a ele que os nossos pecados devem ser confessados a Deus, através de Jesus Cristo. Falamos que o homem pode orientar, mas só Jesus é quem pode tirar nossa culpa ou pecado, pois só Jesus derramou seu sangue para nos salvar. O caminhoneiro perguntou: – Se eu falar com Ele agora, Ele vai me ouvir?

- Sim, respondemos.

O homem ficou muito feliz porque agora, mesmo longe da sua casa ou igreja, ele pode falar com Deus, algo que ninguém lhe havia ensinado.

Missionários Carlos e Zélia Couto

I B Boas Novas –Paranaguá

DSC_0247 DSC_0273 DSC_0275 DSC_0283