De Volta para o Futuro


Apocalipse 3: ... Retorna ao primeiro amor.

A mensagem do Senhor à Éfeso convida a igreja à retornar ao primeiro amor, pois quando voltasse estaria indo para o futuro. Se não voltasse deixaria de existir. Aplicando a palavra final ”retorno”, “de volta”, ao que descrevo a seguir pode parecer usar o texto como pretexto, mas não é. A decisão da Convenção Batista Brasileira de convidar as igrejas do Brasil ao estilo de igreja do novo testamento, através da visão de “Igreja multiplicadora” é um retorno ao passado da igreja do Senhor Jesus, que se reunia no templo e nas casas para estudar a bíblia e se ajudar mutuamente, atos 2. ... ; Que vivia em comunhão, “se reuniam em casas comendo juntos com alegria e singeleza de coração”; havia relacionamento discipulador e ela crescia. Na volta para o futuro da igreja, resgataremos a cumplicidade entre os crentes e a responsabilidade alegre de discipular outros que serão acrescentados à igreja. O que os batistas estamos fazendo hoje é o “retorno ao primeiro amor” no sentido de propiciar às igrejas a visão e um ambiente onde haja maior compromisso com Deus e com o próximo. A igreja multiplicadora está mudando o Brasil Batista, para melhor, pois ela devolve ao crente o privilegio de crescer na graça e levar outros a conhecer Jesus como Senhor de suas vidas através do relacionamento discipulador. Deixe Deus mexer no seu coração, retorna ao primeiro amor.


A visão de igreja multiplicadora nos leva de volta para o novo testamento, “... no templo e nas casas ”. Por isso posso afirmar: Estamos de volta para o futuro. Voltando ao passado onde alcançamos nosso futuro. Acredite, participe, volta para o futuro da igreja.
Izaias2

Izaias Querino,

Diretor Geral da Convenção Batista Paranaense, natural do Espírito Santo é casado com Geise Monteiro; formado em Teologia pelo Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, RJ. Tem três filhos: Leonardo, André e Evelize; e três netos. Pastoreou a Pib de Apucarana e a Pib de Paranaguá, no Paraná e a IB Central de Teresópolis, no Rio de Janeiro. Dedica-se à promoção de treinamentos de pastores e líderes e tem exercido várias funções na denominação Batista. Tem pregado a Palavra de Deus no Brasil, em vários países da América do Sul, na Europa e nos Estados Unidos. É Diretor Geral da CBP desde 1994.