Numa sociedade em mudança frequente, a juven- tude cristã também está envolvida numa ambiência em que o imediatismo não pode esperar por soluções complexas e prolixas. O desafio de pastorear adolescentes e jovens trans- cende a programas especí cos ou pastores exclusivos, destinados a cuidar somente deste grupo na igreja. A demanda chamada ‘juventude’ aponta para um momento de profunda re exão, considerando as res- postas que precisam para as suas diversas indagações, inclusive de cunho teológico, e os apelos da moralidade frágil em que estão inseridos nos colégios e faculdades, bem como o contexto em que vivem, no qual seus valores são determinados pela sociedade de consumo.

Não é mais surpresa existirem jovens e adolescen- tes envolvidos nas mais diversas situações, nas quais os pecados outrora chamados abomináveis e secretos, agora são usuais e conhecidos por todos. O pastoreio da juventude passa pela compreen- são de que o pastor precisa, acima de tudo, de con- textualização, diálogo e proximidade. Não é possí- vel tratá-los do púlpito somente, mas descer dele, numa caminhada que implica comunicar-se pelas redes sociais, curtir suas postagens interessantes, enviar-lhes mensagens de apoio pelo WhatsApp e manter-se antenado no que eles fazem, inclusive com aconselhamento virtual.

O diálogo do pastor com os jovens e adolescentes, nas questões relativas à orientação bíblica coerente, sobretudo aos apelos do mal e a compreensão do que seja pecado, necessita da cosmovisão do mundo jovem, da contextualização franca da Palavra, e rmeza diante do pecado. A exibilidade tão exigida pelos lí- deres para lidar com a juventude é extremamente ne- cessária, mas nem eles esperam que os seus pastores sejam coniventes com aquilo que eles sabem que não agrada a Deus. Precisamos ser exíveis com eles, mas jamais com o pecado. Infelizmente, se as igrejas e os líderes não cuidarem deste rebanho, facilmente e sem muito esforço, eles serão cuidados pelo mundo mau em que vivem. Juven- tude precisa de cuidado e cabe a nós atentarmos para este precioso rebanho da igreja de Cristo.

Geremias Corrê Jr

Presidente da CBP