fazer Missões

O mês de maio foi marcante para o Projeto Vida e para onze norte-americanos que dedicaram um período de suas férias para compartilhar o amor de Jesus aqui no Brasil, através de uma parceria entre o Projeto Vida, a Convenção Batista Paranaense e a Convenção Batista do Estado da Virgínia, nos Estados Unidos com o ministério de jovens universitários.

O grupo trabalhou em Curitiba e viajou para as cidades de Paranavaí e Maringá. A diferença da língua não foi empecilho para os norte-americanos demonstrarem o amor de Jesus: teatros, corte de cabelo, algodão doce, aferição da pressão arterial e muitas vezes um sorriso e um abraço fizeram a diferença.   Com ajuda de tradutores, os voluntários compartilharam seus testemunhos em colégios e praças podendo ver pessoas aceitando a Jesus.

americanos convenç.O Projeto Vida e os universitários de Virgínia se apresentaram em 06 colégios, totalizando cerca de 1810 alunos.  Além disso, mais de 50 pessoas cortaram o cabelo, 180 verificaram a pressão arterial, 217 palitos de algodão doce foram distribuídos, 116 pessoas passaram pelo aconselhamento familiar e 3 impactos evangelísticos em praças foram realizados, um em cada cidade. O resultado disso foi que aproximadamente 70 pessoas confessaram a Jesus como Salvador e 11 pessoas se reconciliaram com Deus, além de 59 estudos bíblicos distribuídos. A carência e a pobreza de algumas comunidades em que trabalhamos surpreenderam e emocionaram os estudantes de Virgínia, que nunca haviam se deparado com tal contexto de vida.  Para Brianna Venega, 19 anos, estudante de Serviço Social nos Estados Unidos, foi uma experiência transformadora. “Esta viagem me marcou de forma completamente inesperada. Eu pensava em voltar para casa e continuar minha vida como era antes. Durante essa viagem, entendi que tenho um chamado, não da forma em que todos nós, cristãos, somos chamados, mas como uma carreira de vida.  Isso me fez abrir mão do meu domínio sobre os planos da minha vida. Foram mudanças sutis, mas significantes.” comentou.

A parceria entre a CBP, Projeto Vida e Convenção Batista de Virgínia oportunizou que cada grupo aprendesse um com o outro, tendo como consequência vidas transformadas e impactadas, tanto para os que ouviram sobre Jesus, como para os próprios missionários que participaram desse intercâmbio cultural.

Casa de Passagem – Reconstruindo Sonhos

Fachada5Após 04 anos trabalhando nos presídios femininos, identificamos em 2012 uma grande necessidade: abrigar as mulheres que estavam saindo do sistema penitenciário. Mulheres estas que não tinham para onde ir, tendo que voltar para o mundo do crime, vendendo drogas, prostituindo-se para ter o que comer e onde dormir. Foi neste contexto que eu, minha esposa Éricka Alessandra e meu filho Lucas Fabiano entendemos de Deus que deveríamos fazer algo mais por estas mulheres. Em 2013 fomos novamente tocados pelo Espírito Santo de Deus e tomamos a decisão em família de vendermos o nosso apartamento, comprarmos uma casa e morarmos juntos com estas mulheres. Hoje vejo que o nosso Deus queria ver em nosso coração a disposição de abrir mão de algo tão importante para nós. Deus viu em nossos corações o desejo de ajudar ao próximo e não permitiu que vendêssemos o nosso apartamento; Ele nos deu uma promessa de que teríamos uma casa para abrigar estas mulheres. Foi difícil esperar o tempo de Deus, pois a cada semana novas mulheres e algumas com crianças, estavam indo para as ruas com um futuro incerto. Nosso Deus é fiel e neste ano, o projeto da compra e apoio da casa de passagem foi levado para o Conselho de Missões da Convenção Batista Paranaense, pelo pastor Izaias Querino, Diretor Geral da CBP e pastor Flavio Lucius, Diretor de Missões. O projeto foi aprovado com a compra da casa pelo Conselho Geral da CBP. Quando estiver em pleno funcionamento, atenderemos cerca de 20 pessoas, mulheres e crianças, que poderão ficar na casa por um período máximo de 30 meses. Nesse período, estas mulheres serão reintegradas na sociedade, capacitadas para o mercado de trabalho, integradas nas igrejas locais e quando já tiverem condições financeiras, seguirão as suas vidas agora de uma forma digna e honesta.

Os desafios são grandes, o custo mensal estimado para a manutenção de 20 pessoas na casa será em torno de R$ 12.000,00 reais. A necessidade agora é levantar parcerias de igrejas, e do setor privado e mobiliarmos a casa.

Entre em contato, e nos ajude a concretizar este sonho que está se tornando realidade.

Novos Missionários

Novos MissionariosCom a graça de Deus, Missões Estaduais está se expandindo e novos missionários estão chegando para ingressar em nosso time de Campeões. Em abril deste ano foram apresentados na Reunião do Conselho Geral da CBP os missionários que estarão integrando nosso quadro. Temos a alegria de apresentar aos batistas paranaenses estes missionários que já estão atuando em suas regiões:

Capelania Hospitalar:

       Jonathan Lebedieff dos Santos

       Josiane Favoreto de Souza

Capelania Carcerária

       Fabiano Pires Martins

       Erica Martins

Frente Missionária em Carambeí

       Jackson Fernandes de Oliveira

       Selma Batista de Oliveira

Projeto Capelania Rodoviária

       Carlos Couto

       Zélia Maria Couto

Centro de Apoio aos Marinheiros

       Rivelino dos Santos

CEPAS – Projeto evangelização de crianças através da musicalização

       Rose Andréia Castanho Mendes Ferreira

Missionários do Projeto Barnabé

       Ediuson Costa e Sonia Costa

       Harley Carvalho e Roseane Carvalho

       Sergio Cruz e Sara Alves

       Cristiano dos Santos Rosa

       Elisabete Pinto

Plantação de uma igreja na cidade de Foz do Iguaçu em parceria com a PIB de Foz:

       Flavio Augusto Rezende Machado e Fabiana Silveira Machado

 

Deus tem nos abençoado, a obra missionária tem avançado, mas nós não podemos parar. Temos que avançar. AMEParaná!

por: Flavio Lucius Alvez

pastor, diretor de Missões e Desenvolvimento de Igrejas da CBP