Ser um pai atual não é uma tarefa das mais fáceis. Tivemos ao longo dos últimos anos que assumir um papel cada vez mais participativo nas tarefas diárias da casa além de muitas vezes precisarmos ser professores particulares (tirando dúvidas sobre matérias que nem sempre lembramos), sendo motoristas levando e trazendo nossos filhos do colégio, das aulas de inglês, atividades esportivas, musicais, ensaios etc.

Em meio a toda essa agitação temos filhos que estão altamente expostos a todos os meios de informação e consequentemente sujeitos a riscos e influências que requerem toda a nossa atenção e principalmente nossa presença. Quando eu falo presença quero dizer participação e acompanhamento dos conteúdos que meus filhos estão acessando e limitação desses acessos a períodos que não comprometam as demais atividades. O mundo real deve ser mais interessante que o virtual. Para isso é importante dedicar-se a atividades de lazer, entretenimento e convívio com a família e com os amigos.

A nossa “presença” é de suma importância para que saibamos com quem nossos filhos convivem, quais são suas amizades e suas atividades preferidas. Assim fica mais fácil perceber quando alguma coisa não vai bem e, como os pastores descritos na Bíblia, puxarmos nossas ovelhas para longe do abismo.

A maior responsabilidade que eu tenho como pai, não tem nada a ver com tudo isso. O mais importante é ser sacerdote em minha casa. Ensinar aos meus filhos o temor ao Senhor Deus, vivendo em obediência à palavra de Deus e valorizando o que realmente tem valor espiritual. É cada vez mais desafiador motivar meus filhos ao conhecimento da Palavra e a uma vida de oração.

Por falar em oração, essa talvez seja a tarefa mais produtiva que podemos realizar pelos nossos filhos. Rogar a Deus que os abençoe, que os guarde e que desde já os prepare para serem dedicados servos do Senhor, com famílias felizes e que sejam fortes e sábios para enfrentarem todos os desafios deste mundo pós-moderno.

Que Deus nos abençoe.

por Eduardo Grochowicz

Pai de 4 filhos dentre eles trigêmeos, médico veterinário e membro da Igreja Batista Verdade.