as cidades

Será que a juventude de hoje está diante de uma oportunidade única de fazer as coisas mais difíceis e radicais como geração?

Será que nossa “safra” atual de jovens e adolescentes foram colocados na terra neste momento estratégico da história por uma razão especial?

Em toda geração que enfrenta grandes desafios, Deus levanta pessoas para realizar a sua obra. Com frequência, esses representantes de Deus são jovens. Vemos isso nas Escrituras, em que gente jovem como José, Samuel, Davi, Josias, Jeremias, Ester e Maria foram escolhidos por Deus exatamente para o período em que viveu cada um. E essas pessoas mudaram a trajetória de nações.

Acreditamos que a mesma coisa acontece hoje. Deus está agindo, e jovens de todas as cidades do Paraná, Brasil e do Mundo estão reconhecendo isso e reagindo. Eles estão realizando coisas radicais de maneiras criativas e transformadoras para que o evangelho de Jesus Cristo seja anunciado.

Pensando nisso estamos propondo uma ação em conjunto, onde jovens e adolescentes de todas as cidades se reunirão em uma grande missão –  VAMOSILUMINARASCIDADES.

Iluminar a cidade tem a ver com gente que faz o amor de Jesus acontecer na vida do outro. Acreditamos que ações simples trazem benefícios à vida das pessoas e que não podemos menosprezar o impacto de pequenas atitudes.

A convocação está sendo feita, as atividades estão sendo preparadas e iniciaremos esta grande mobilização no mês de Agosto – o mês em que os Batistas comemoram o Mês da Juventude – e avançaremos por tempo indeterminado.

Visite o site jubepar.com.br/vamosiluminarascidades e veja as dicas e sugestões de ações para você e a galera da sua igreja realizarem e fazerem coisas incríveis pela sociedade. “Edificarão os lugares antigamente assolados, restaurarão os de antes destruídos e renovarão as cidades arruinadas, destruídas de geração em geração.” Isaias 61:4

Agosto para os batistas é o mês da juventude.

A primeira proposta de dias específicos para serem comemorados foi feita em 1909 por Francisco Fulgencio Soren  e aceita na assembleia anual em Recife. A proposta foi aceita e foi estipulado um calendário. A primeira data que celebrava a mocidade era o terceiro domingo de novembro.

Em dezembro de 1976 houve uma proposta em reunião da JUMOC, pela secretária geral da Junta, para ser comemorado um dia em específico para a  celebração da juventude. Então, a partir de 1977 o Dia do Jovem Batista passou a ser comemorado no mês de agosto. A partir de uma proposta que envolvesse a juventude em grande parte das atividades da igreja, agosto acabou se tornando conhecido como Mês da Juventude Batista. Algumas igrejas promovem atividades missionárias com jovens, entregam a direção de  cultos, pregações e outras responsabilidades.

 

por: Paulo Clemente

Executivo da Jubepar