O ser humano almeja a paz. A tão sonhada paz só é desfrutada por aqueles que se rendem ao discipulado de Jesus, pois só Jesus nos oferece a paz verdadeira. Nesse mundo temos várias propostas de falsa paz, mas Jesus nos fornece sua paz.

Com a entrada do pecado no mundo, nossa relação com Deus foi abalada, e o primeiro casal, Adão e Eva, foi expulso do Jardim do Éden, por conta da rebeldia e desobediência. A Bíblia nos afirma que o salário do pecado é a morte, e que nossa relação com Deus é marcada pela rebeldia até que entendemos a mensagem do Evangelho e nos arrependemos, e gozamos da salvação que nos reconcilia com Deus.

. A nossa inimizade com Deus gera sofrimento e dor no ser humano, mas quando somos regenerados desfrutamos da paz com Deus. Os profetas do Antigo Testamento apontavam para o Messias como Aquele que traria a paz, e restabeleceria como mediador a relação do homem com Deus. No mesmo período falava-se da paz com Deus, a “shalon”. O profeta Isaías aponta para Jesus dizendo que Ele seria o “Príncipe da Paz” e Miquéias disse que Ele seria “a nossa paz” (Isaías 9.6/ Miqueias 5.5).

Jesus tem a paz com Deus e nos ensina a vivermos em tranquilidade de acordo com a reconciliação com Deus. Nosso Senhor, confortando Seus discípulos, disse: “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração nem se atemorize”. Noutro contexto, Jesus consola seus discípulos falando de Sua paz: “Estas coisas vos tenho dito para tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (Jo 16.33).

A doutrina da soberania de Deus, nos ensina que Ele está no controle de todas as coisas e faz tudo como Lhe agrada (Efésios 1.11). Essa doutrina mostra como Deus cuida de tudo e não é surpreendido por nada, pois Ele sabe de todas as coisas. Nada sabemos, mas Deus sabe e, por isso, cuida do nosso presente e vai nos conduzindo de acordo com Sua vontade. Isso nos ajuda a entender que nossa vida está diante do Senhor e rigorosamente controlada por Ele; assim, nada acontece conosco sem a Sua permissão.

Saber que Deus é Soberano, nos ajuda a entender que todas as circunstâncias de nosso cotidiano têm um propósito. O Cristianismo nos ensina que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados por seu decreto” (Rm 8.28). Cada situação de nossa vida está na agenda de Deus e tem um propósito pedagógico do Senhor. Deus usa as adversidades da vida para nos ensinar, nos moldar e nos forjar à imagem de Seu filho, a fim de termos a “mente de Cristo” (cf. I Coríntios 2.16).

O Senhor Soberano também é fiel, e por isso a Bíblia nos diz que não sofremos com tentações e provações que não podemos suportar: “Não veio sobre vós tentação, senão humana; mas fiel é Deus, que vos não deixará tentar acima do que podeis; antes, com a tentação dará também o escape, para que a possais suportar” (I Co 10.13).

Deus nos dá o escape, ou seja, concede Sua graça para suportarmos as tentações e as provações do dia a dia, a fim de que reconheçamos que Ele é fiel e está usando tudo para nos moldar. A maturidade cristã se dá por meio das lições incríveis que Deus nos ensina, por meio das lutas, sofrimentos, provações, privações e tentações. Deus não despreza e não descarta nenhum evento de nossa vida, mas usa todos os episódios da nossa vida para Seus propósitos.

O pastor e teólogo John MacArthur, disse assim: “Se você compreende que Deus está usando todas as dificuldades que você enfrenta para aperfeiçoá-lo você ficará em paz”. Saber que Deus governa nossa vida e todos os seus eventos – bons e ruins – para nos moldar nos traz paz, aquela “paz de Deus, que excede todo o entendimento”, e essa “paz de Deus […] guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus” (Filipenses 4.7). O Deus de paz nos dá a paz que a razão humana não pode entender e explicar. Que bênção ter a paz de Deus em meio as lutas cotidianas.

Fique em paz, pois Deus está no comando de Sua vida; sua vida está escondida em Jesus Cristo, está nas mãos do Seu Supremo Pastor e ninguém pode arrebatar sua vida da mão dEle (cf. Colossenses 3.3/ João 10.18). Suas dificuldades estão rigorosamente diante do Senhor e Ele está usando essas dificuldades para te aperfeiçoar, e Ele permite tais dificuldades com fins pedagógicos. O Seu Deus, o Seu Criador, o Deus Soberano, é fiel e está provendo o escape para suas lutas e derramando sobre sua vida graça e misericórdia. Fique em paz, pois Jesus nos reconciliou com Deus e nos dá da sua paz verdadeira. Fique em paz, pois a paz de Jesus está disponível a seus seguidores e discípulos. Fique em paz!

Jeferson Cristianini pastor, colaborador de OJB

Siga a CBP!